Karol Conka abre o BS Festival 2k19 com Painel sobre Diversidade

“No país da diversidade: o que esperar do futuro?”, esse é o tema do Painel que abre o BS Festival 2k19, dia 16 de agosto, sexta-feira, às 19h30, no hub NAU Live Spaces (Av. Pres. Franklin Roosevelt, 1308 – 1ᵒ piso).  O Grand Opening contará com a presença de convidados como a cantora Karol Conka e a Head of People na ThoughtWorks Brasil, Grazi Mendes, mediadas pelo jornalista Gabriel Moojen.

O BS Festival 2k19, que acontece de 16 a 18 de agosto, em Porto Alegre, busca além de valorizar a cena criativa e democratizar a inovação, proporcionar que as pessoas conheçam os espaços que estão fazendo economia criativa de Porto Alegre girar. Na sua 3ª edição, O BS Festival é realizado pelo Black Sheep Project e Grupo Austral e tem como slogan “A Ovelha Negra dos Festivais”.  O evento acontece em cerca de 10 hubs na cidade como Fábrica do Futuro; Vila Flores; Agulha; Linha; Fábrica São Geraldo; NAU Live Spaces e Casa de Cultura Mário Quintana.

Sobre Karol Conka

Karoline dos Santos de Oliveira nasceu em 1986, em Curitiba, no bairro do Boqueirão e desde criança queria ser artista. Aos 16 anos de idade, já adorava música e se identificava com o rap, tanto pela linguagem, quanto pela liberdade expressão. Em 2002 integrou o grupo curitibano Agamenom. Passou vários anos “estudando” sua carreira e em 2010 Karol colocou algumas músicas na internet e fez tanto sucesso que logo foi chamada para participar do programa Na Brasa, na MTV. Em seguida, produziu o clipe de “Boa Noite” e se apresentou ao vivo no VMB 2011. Foi o primeiro momento de grande visibilidade da cantora, que passou a ser conhecida no Brasil. Daí em diante ela fez vários show pelo país, divulgou seu trabalho e gravou seu primeiro álbum “Batuk Freak”, lançado em 2013.

Em 2016 a agenda de Karol Conka foi corrida. Ela fez shows no Brasil e no exterior, se apresentou no festival Lollapalooza, na abertura dos Jogos Olímpicos e lançou o single “Maracutaia”, que teve clipe com participação de Lázaro Ramos e Thaís Araújo. No início de 2017 ela lançou o single “Farofei”, foi produzido por Tropkillaz com coprodução e coautoria de Boss in Drama, teve o clipe gravado no Japão com direção do Kondzilla. No mesmo ano lançou “La La”, sobre sexo oral. No final de 2017 ela entrou em estúdio com o produtor Boss in Drama para gravar o álbum “Ambulante”. No início de 2018 Karol Conka prestou uma homenagem ao rapper Sabotage gravando uma versão para “Cabeça de Nêgo”; com produção do Rica Amabis e Tejo Damasceno, do selo instituto, em parceria com Boss in Drama. No final de 2018 Karol fechou um contrato com a gravadora Sony e lançou o álbum “Ambulante”.F