BS Festival 2019 é lançado oficialmente, anuncia jornada pela cena criativa de Porto Alegre e “Grand Opening” com Karol Conka

Evento nascido no 4º Distrito da capital para democratizar a inovação chega a 3ᵃ edição, ganha mais um dia, expande para o centro histórico e abre com debate sobre diversidade


Experiência, conteúdo e cultura: essas três palavras formam a base do que será o BS Festival em 2019, evento que acontece de 16 a 18 de agosto, em Porto Alegre. Chegando à sua 3ª edição, realizado pelo Black Sheep Project e Grupo Austral, o BS Festival adotou o slogan “A Ovelha Negra dos Festivais” e foi lançado oficialmente na noite de quinta-feira, 25/04, em um ambiente de descontração e experiência gastronômica na Fábrica São Geraldo, no quarto distrito da capital gaúcha. Entre as principais atrações da programação dessa edição foi anunciada a cantora e compositora brasileira Karol Conka, que virá para um painel que debaterá diversidade, na sexta-feira, 16. O evento ainda ganhou mais um dia e teve ampliação geográfica para outros pontos da cidade, transformando-se em uma jornada de conhecimento e diversão. 

O BS Festival começa na sexta com um “Grand Opening” no Instituto Caldeira da Inovação, recebendo grandes atrações como Karol Conka e outros convidados, mediados pelo jornalista Gabriel Moojen. O tema do painel será “No país da diversidade: o que esperar do futuro?”. No sábado, 17, será o dia de conteúdo com mais de 12 hubs acontecendo simultaneamente no 4º Distrito e Bairro Floresta. Ao todo, serão mais de 100 palestrantes abordando os principais pilares do BS Festival como Mahatma Marostica, Co-Founder na MOBILIS – Mobilidade Sustentável; Evelyn Mendes, Mulher transexual que trabalha com análise e desenvolvimento de sistemas; Diógenes Nascimento, Consultor em Gestão de Projetos e Branding; Tim Lucas, speaker da Hyper Island, Tati Portella, cantora; Luciana Dornelles Ramos, professora e produtora cultural pela Malê Afroproduções; o escritor Fabrício Carpinejar, entre outros. “Já temos mais nomes confirmados, mas vamos revelando aos poucos, pois faz parte da trajetória do BS Festival ir contando uma história até o dia do evento”, contou Wayner Bechelli, Fundador do Black Sheep Project.

O domingo, 18, será repleto de arte e cultura na Casa de Cultura Mário Quintana, no Centro Histórico de Porto Alegre. O local receberá exposições interativas e tecnológicas, experiências de VR, shows e outras atividades ligadas à arte. Outros projetos também serão contemplados ao longo da programação do BS Festival para diversificar o evento e aumentar ainda mais a experiência do público. Entre as atividades confirmadas estão uma After Party, Bike Tour, Art Tech, Pax Are, Feira de Design e o Maker Faire.

“Mais do que nunca, a ideia do BS Festival é diversificar e aumentar a imersão dos participantes por Porto Alegre, valorizando o potencial da cidade e de quem está envolvido na sua cadeia criativa e produtiva. Acreditamos na construção pela coletividade e convidamos todos para essa jornada que serão os três dias de festival”, destaca João Ramos, Fundador do Black Sheep Project.  Seis pilares de conteúdo formam o festival: humanidades, tecnologia, educação, gastronomia, empreendedorismo e arte, para impactar e certificar Porto Alegre como uma das protagonistas em criatividade e inovação no cenário mundial, como disse Vinicius Garcia, sócio do Grupo Austral, em sua fala no lançamento. “O objetivo é renovar a autoestima de Porto Alegre, que é indiscutivelmente um celeiro de criatividade e inovação mundial, isso é uma realidade já. A intenção é passar pelo entretenimento, conteúdo e finalizar colocando todos imersos na cultura e diversão”, salientou.